domingo, 21 de dezembro de 2014

Estes jogos dão títulos!


Todos os anos há jogos assim: fraquinhos, enervantes, com pouca qualidade. E era nestes jogos que não há muitos anos atrás perdíamos pontos e campeonatos. Como tal, apesar de não estar feliz com a exibição, a realidade é que os 3 pontos já cá cantam, e jogos destes não haverão muitos. 

Já agora, sim, a jogada que inicia o golo é irregular. Para muitos, não interessa muito o que se passe de seguida, pois havendo uma irregularidade, tudo o que se faça de seguida será sempre analisada à luz desse lance. Para esses, não vale a pena ler o restante. São os mesmos que fecham os olhos ao facto de os últimos dois jogos do Sporting ter havido erros em barda, que valeram um ponto no campeonato e uma passagem na Taça de Portugal, ou o Porto ter desbloqueado o jogo contra o Setúbal com um penalti no mínimo duvidoso. 

Quando ao jogo, sempre deu para ver um Talisca mais assertivo no meio campo, um Ola John em crescimento, e um César a fazer-me lembrar Luisão quando era mais jovem e ainda com muito potencial por mostrar. De resto, com tantas lesões, o jogo da equipa ficou mais perro, perdendo qualidade. Já agora, e eu nem sou de criticar em demasia jogadores, não posso deixar de apontar como Bebé um erro de casting brutal, que deveria ser resolvido já em janeiro, com o seu empréstimo. Nem gosto de me lembrar o que pagamos por ele... Enfim...

No final o que fica é que continuamos à frente com 6 pontos, e que janeiro e fevereiro costumam ser meses bons para nós. Mas é bom não esquecer que se Enzo sair mesmo, estes 6 pontos podem revelar-se insuficientes se não acharmos um substituto à altura, ou pelo menos, uma mudança tática que favoreça quem cá fica. 

De resto, viva o Benfica e um feliz Natal para todos!

2 comentários:

Castro disse...

Valeu os três pontos mas atendendo às ausências era previsto ter menos qualidade em campo,jogadores pela positiva gaitan e maxi pela negativa samaris e bebe penso que a única solução para este jogador seria colocar o rapaz como ponta de lança mas aí o estilo de jogo seria o mesmo quando tínhamos o Cardozo...olha experimentem.
Força Benfica!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.