segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Nuno Marçal enxovalhado na Luz


Pode-se ou não gostar de Nuno Marçal. Pode-se ou não gostar do seu passado no Porto. Eu não gosto da personagem. É um típico jogado "à Porto", no pior dos sentidos. Mas o que não se pode fazer é ter atitudes destas... Para sermos diferentes, temos de agir diferente.


Este caso apenas nos envergonha a nós benfiquistas. Pelo menos é o que eu sinto. Provavelmente aparecerão aqui alguns, como no caso do adepto sportinguista agredido violentamente no derbi na Luz na época passada, a tentar defender o indefensável, mas a realidade não se altera. Isto é vergonhoso, e um comportamento idêntico ao de muitos adeptos do Porto. 


20 comentários:

Anónimo disse...

finalmente, um blog que condena o que se passou. infelizmente, é mesmo o primeiro. até agora só vi reacções de regozijo, que provam que, no pior, há muitos benfiquistas pouco diferentes de portistas.
parabéns pelo texto e pela coragem de ser diferente

Anónimo disse...

Também concordo com a condenação destes atos, mas, também entendo o que se passou......

“VOCÊS VÃO DEIXAR QUE ELES FESTEJEM?! FAÇAM QUALQUER COISA, PARTAM-NOS TODOS!”, Nuno Marçal, Maio de 2012, em pleno Dragão Caixa, quando o Benfica venceu o FC do Porto e tentou festejar a conquista do título em Basquetebol...

Cumprimentos,
F.T.

F.L. disse...

Para o caso, e quanto a mim, só se perdeu...a sopa. É com essa conversa de "sermos diferentes" que chegamos onde chegamos. O tempo de dar "a outra face" foi há mais de dois mil anos. Além disso quem disse que eram benfiquistas quem derramou a sopa? E não estavam num lugar público? Que tem o Benfica a ver com isto???

Anónimo disse...

deixa a droga pá... isso ainda foi pouco.

para um filho da puta, filho da puta e meio.

mas qual diferentes quais que? és lagarto por acaso? está mais do que na hora de acordar, nao respeitam o Benfica? faz-se respeitar.

nao é com politicamentes correctos que se lá vai, queres ganhar? há que começar a utilizar as mesmas armas dos outros.

Filipe Araújo disse...

Cada um tem a sua forma de ver as coisas. Mas na minha opinião, como se pode condenar a violência se incentiva-se, ou então tolera-se a mesma?

Não gosto de Nuno Marçal, e sei bem o que fez enquanto jogador do Porto. Mas a partir do momento em que agirmos da mesma forma, deixaremos de ter legitimidade para condenar o que quer que seja.

Passaremos o tempo a reagir. Ele fez-me isto, eu faço-lhe aquilo.

PS: Sim, no restaurante dentro do complexo da Luz, um grupo de mais de uma dezena de pessoas. Deviam ser sportinguistas perdidos... Eh pá, tapar o sol com uma peneira não, ok?

PS2: para o anónimo, os lagartos dizem-se diferentes, mas eu acredito que o Benfica é mesmo diferente. A partir do momento em que achar que Benfica é igual ao Porto, morre uma parte de mim...

benfica1 disse...

Quem semeia ventos colhe tempestades. Só lamento as que falharam, n acertaram ou passaram ao lado. Neste momento com essa gente é olho por olho, dente por dente, chama-se auto defesa, visto que a justiça protege os criminosos. Este sr foi o que cobardemente, instigou os super morcões (como se fosse necessário!?) a fazerem a folha a adeptos e jogadores do SLB. Seres humanos também são os que são roubados, gozados, agredidos, vilipendiados, ignorados pela justiça. Temos o país na situação que temos exactamente pela falta de activismo pelos direitos universais reconhecidos mundialmente. Olho por olho, dente por dente.

benfica1 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

bem, a avaliar por alguns comentários, não tarda estão a incentivar que se corrompa árbitros, agrida jornalistas, se ofereça fruta e marisco...

Anónimo disse...

Oh benfica1, colocar no mesmo parágrafo "direitos universais reconhecidos mundialmente" e "olho por olho, dente por dente" é do melhor que já vi

Rui Oliveira disse...

Só foi pena não ter sido sopa da pedra...

benfica1 disse...

Exactamente óh anónimo, direito de defesa esta incluido nos direitos universais, se for olho por olho que seja pois para aquela gente sabemos que a justiça não funciona.

Anónimo disse...

Marçal para a próxima come em casa.

Nelson Costa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anacleto disse...

...sopa da pedra? É macia. Agora se for sopa com pedra, aí sim, é da boa, é pesadinha e pode causar indegestão.Pena é, que esse cabrão não tenha levado com a sopa com pedra nos cornos!!!

redbul1710 disse...

Pena é que não tenha sido com Sopa de Pedra

Anónimo disse...

o benfica era o organizador do evento, o responsável pela segurança, pela comida, por tudo dentro do estádio da luz.
é da inteira responsabilidade do benfica o que aconteceu, e não vale a pena branquear os factos.
equipa adversária agredida e insultada por adeptos ou o que quer que fossem, no restaurante indicado pela federação, dentro das instalações do clube organizador.
mainada

Rui disse...

Filipe Araújo, parabéns pela coragem de defender o que deve ser defendido. Agredir quem quer que seja, sem ser em legítima defesa, não pode ser algo que se defenda em nome do Benfica. É um comportamento nada menos que vergonhoso e que enxovalha o nome de um clube que queremos diferente do clube da corrupção.

Bravo, Filipe!

Anónimo disse...

Bahhhh.... com mansos como tu nunca teria havido 25 de Abril de 1974.

Orgulhosamente pobres, mas honrados.
Silencio de calados. Crédulamente analfabetos. Rebanho de ignorantes.
Irados por dentro mas de de joelhos em Fátima!
Era assim que o regime gostava de nós!

És daqueles que tem de certeza uma excelente justificação para impedir uma manifestação de desagrado na ponte 25 de Abril. Bastará para isso o regime dizer não. Ordeiros sempre. Mansos como dantes. Os novos amos agradecem!




Anónimo disse...

comparar direito de manifestação ou direito à revolta contra uma ditadura com despejar sopa em cima de uma pessoa só porque instigou não sei quem a bater em não sei quantos é lapidar...realmente, é assim que muitos pensam, cada vez mais me convenço e é graças a isso que o mundo não tomba. porque no dia em que todos acharmos que é com base na violência ou agressividade que se resolve a mais pequena questiúncula, coitados de nós...
alguém que critica agressões a jornalistas, perpetradas pelos adeptos do Porto no estádio das Antas, e agora vem bater palmas a atitudes como esta do Marçal perde a credibilidade toda

RedJoker disse...

Afinal o que realmente terá acontecido foi o empregado ter acidentalmente derramado sopa para cima desse indivíduo, que acto continuo o começou imediatamente a insultar.
Felizmente que nessa altura entrou um grupo de pessoas para almoçar e que gentilmente convidou o marçal a sair, dado que não se comportou com a devida cordialidade e educação que é devida num espaço público.
Afinal quem é que não esteve à altura das circunstâncias?